Der letzte Mann - The Last Laugh - A última gargalhada - F.W. Murnau - 1924

Esse é um filme realmente muito especial. É daquelas produções que o tempo não tira o brilho pois sua genialidade o faz atemporal.

Sabe aquele filme que quando termina você fica alguns minutos em off até os pensamentos se reordenarem. A Última Gargalhada é assim. São tantas cenas impressionantes que vão fazendo sentido e ganhando força no decorrer da exibição que no final um turbilhão de pensamentos toma conta de quem assiste.

O Diretor F.W. Murnau foi um expoente do cinema expressionista alemão e celebrizou-se pelo clássico Nosferatu, tanto que sua influência na sétima arte pode ser percebida até hoje. Em Der Letzte Mann conta a história de um porteiro de hotel que após vários anos de serviço é sumariamente substituido por outro empregado mais jovem.

Emil Jannings interpreta o porteiro, que já havia trabalhado com Murnau na obra Fausto, onde fez o Mefistófeles. A cena em que retiram o uniforme, símbolo de altivez para o personagem, sendo rebaixado a criado do banheiro masculino mostra como a dignidade pode ser tirada de um homem.

Murnau criou um filme que retrata a alma humana e a projeta na tela. Mostra a auto-estima, a dignidade, a decadência, a crueldade, a bondade, a loucura, o orgulho. Mostra o homem e sua fragilidade diante do modelo social em que vive.








Ficha técnica

Nome:  Der letzte Mann
Diretor: F.W. Murnau
País / Ano: Alemanha / 1924
Sem som
Duração: 87 min 52 seg


Informações no IMDb
Elenco















Assistir Der letzte Mann / The Last Laugh / A última gargalhada online


Der letzte Mann - The Last Laugh - A última gargalhada - F W Murnau - 1924 por Telecinebrasil  no Videolog.tv.




Les Lunatiques - Segundo De Chomon - 1908



Mais um maravilhoso filme do primeiro cinema. Neste Segundo De Chomon mostra várias pessoas se transformando em outras numa dança muito legal.

Como o tempo é cruel com a sétima arte, muitos podem achar um filme absolutamente bobo, mas quem o assistir com os olhos do início do século XX (se é que isso é possível) se divertirá bastante.


Ficha técnica

Nome: Les Lunatiques
Direção: Segundo De Chomon
País / Ano: França / 1908
Sem som
Duração:3 min 32 seg






Assistir Les Lunatiques on line

Création de la serpentine ( Creation Of The Serpentine ) - Segundo De Chomon 1908

 

Mais um interessante filme de Chomon que reproduz parte do que foi feito catorze anos antes pela companhia de Thomas Edison. A dança Serpentine, que é uma mulher que agitando os braços produz padrões geométricos muito legais. Mas neste filme Segundo de Chomón usa a dança como um ponto do filme que é bastante confuso e interessante.




 
 


Ficha técnica

Nome: Création de la serpentine
Direção: Segundo De Chomon
País / Ano: França / 1908
Sem som
Duração:5 min 11 seg







 Assistir Création de la serpentine ( Creation Of The Serpentine ) on line
 
 

The Adventures of Sherlock Holmes - The Copper Beeches - 1912

Uma das primeiras adaptações para o cinema da história de Sherlock Holmes. O filme mostra um pai tentando ganhar o controle da herança de sua filha que pretende se casar. O plano só não dá certo por que Sherlock Holmes consegue impedir.

O filme se divide em duas partes e acho que está completo aqui. São poucas as informações seguras a respeito dessa produção, até mesmo quanto ao elenco.

Espero que se divirtam com mais esse clássico do primeiro cinema.


Ficha técnica

Nome: The Copper Beeches
Direção: Adrien Caillard
História original: Arthur Conan Doyle

País / Ano: França-Inglaterra / 1912
Preto e branco
Sem som
Duração: Parte 1 - 11 min 41 seg
              Parte 2 - 12 min 12 seg
Elenco

Georges Tréville   ...   Sherlock Holmes






Assistir The Adventures of Sherlock Holmes - The Copper Beeches - 1912 - Parte 1 on line



Assistir The Adventures of Sherlock Holmes - The Copper Beeches - 1912 - Parte 2 on line


Felix in Hollywood - Pat Sullivan Studio - Otto Messmer - 1923

Felix decide ir para Hollywood mas não tem dinheiro, mas ele encontra uma maneira de chegar lá.

Depois de encontrar estrelas famosas, como Charlie Chaplin e Ben Turpin, e se meter em muita confusão, ele finalmente consegue realizar seu sonho: um contrato com o estúdio.

Muito interessante que esse desenho parece demais com uma história em quadrinhos, especialmente as falas dos personagens.


Ficha técnica

Nome: Felix in Hollywood
Direção: Otto Messmer
País / Ano: EUA / 1923
Sem som
Duração: 9 min 25 seg





Assistir Felix in Hollywood - Pat Sullivan Studio - Otto Messmer on line


Felix in Hollywood - Pat Sullivan Studio - Otto Messmer - 1923 por Telecinebrasil  no Videolog.tv.

Novamente no Youtube (vamos ver até quando eles vão aceitar o fato de que esse filme é de domínio público):




se eu não tirasse ia ser punido (de novo) mesmo sendo domínio público, olha aí...


The Skeleton Dance - A dança dos esqueletos - Walt Disney - 1929



Certamente é uma das melhores animações já produzidas, especialmente considerando as limitações técnicas da época.

Mostra um cemitério e seus moradores dançando e assustando.

A dança dos esqueletos é um grande show.


Ficha técnica

Nome: The Skeleton Dance
Direção: Walt Disney
País / Ano: EUA / 1933
Som
Duração:5 min 32 seg


Assistir The Skeleton Dance ( A dança dos esqueletos ) on line

Dracula - Tod Browning - Bela Lugosi - 1931 - Dublado

O Conde Drácula chega na Inglaterra para sugar sua amada, a jovem e virtuosa Mina.

Só que o vampiro dessa vez é Bela Lugosi, e aí a mordida é mais embaixo.....

Filmaço, numa rara versão dublada em português, que realmente vale assistir, não só por ser um clássico, mas também por ser, sem dúvida, um dos grandes filmes de vampiro já feitos.



Interessante que no mesmo ano foi lançado outro filme com o mesmo nome mas outro diretor e atores:

Link para assistir Dracula de George Melford 

IMDb do filme
IMDb do outro filme




Betty Boop in Snow White ( Branca de neve / Schneewittche ) - Dave Fleischer - 1933




A história da Branca de Neve, a bruxa, o espelho mágico, em uma versão onde Betty Boop é a mais bela. Destaque para a música, especialmente Cab Calloway cantando St. James Infirmary Blues.


Ficha técnica

Nome: Snow White
Direção: Dave Fleischer
País / Ano: EUA / 1933
Som
Duração:7 min 04 seg







Assistir Betty Boop in Snow White on line

Gertie the Dinosaur - Winsor McCay - 1914





Mais uma animação do início do século XX. Esse tem os movimentos suaves e mostra um filhote de dinossauro "de estimação". O cartunista conversa com o bicho e as coisas vão acontecendo.

Ele chora, faz bagunça, cumprimenta, dança, quase como um cão ensinado a fazer truques.

Gostei principalmente da fluidez dos movimentos.









Ficha técnica
Nome: Gertie the Dinosaur

Direção: Winsor McCay
País / Ano: EUA / 1914
Duração: 5 min 47 seg







Assistir Gertie the Dinosaur on line

Fantastmagorie ( A Fantasy ) - Émile Cohl - 1908


Esta foi a primeira animação produzida. São imagens desenhadas que vão se transformando em outras. Tem uma curtíssima duração e vale ser vista principalmente por seu registro histórico.

Destaque para a cena em 1:04 min quando a mão conserta o bonequinho. Achei muito legal.




Ficha técnica

Direção: Émile Cohl
País / Ano: França / 1908
Duração:1 min 17 seg





Assisitir Fantastmagorie ( A Fantasy ) on line

Das Wandernde Bild - A imagem em movimento (Depois da Tempestade) - The Moving Image - Fritz Lang - 1920



Este filme de Fritz Lang foi considerado perdido por muitas décadas até que uma cópia foi encontrada no Brasil em 1986.

A obra mostra uma mulher (Mia May) que foge de seu (provável) marido. Trata-se de um raro filme do diretor Fritz Lang com intertítulos em português.

O título que consta no filme é "Depois da Tempestade".
 


Alguns aspectos tornam a película muito interessante e vale assistir, pois é muito diferente de qualquer outra coisa que Lang tenha feito, como as referências religiosas faz uso de flashback, com destaque para a precisa atuação de Mia May. 

Se por um lado o entendimento do enredo fica prejudicado diante da ausência de partes da obra, por outro, é muito legal ver Fritz Lang com intertítulos em português. 


Une dame vraiment bien - Very Fine Lady - Louis Feuillade - 1908

Filme rápido que mostra uma elegante mulher passeando e seu sucesso pelo caminho. Deve ter causado boas risadas nos cinemas do início do século passado.

Ficha técnica

País / Ano: França / 1908
Duração: 3 min 26 seg


Assistir Une dame vraiment bien - Very Fine Lady - on line




King Kong - 1933


Uma equipe de cinema vai para a Ilha da Caveira e encontra uma civilização primitiva que oferece vítimas a Kong, o gorila gigante.

Quando essa tribo captura a estrela do filme a tripulação e toda a equipe iniciam a tantetiva de resgate encontrando dinossauros e insetos gigantes que vivem na ilha.

Muitas mortes depois, Ann é salva das mãoes do gorila que se apaixonou por ela.

O monstro é capturado e levado à NY para ser apresentado, quando escapa no meio da cidade recapturando Ann e dirigindo-se ao Empire State. Esta é uma das grandes cenas do cinema, imortalizada até hoje

A história todo mundo já conhece, mas é bom ver a versão antiga. A legenda está embutida no filme, que foi colorizado. O original é preto e branco.

Ficha Técnica

Título Original: King Kong
Gênero: Aventura
Origem/Ano: EUA/1933
Direção: Merian C. Cooper/Emest B. Shoedsack

Elenco:

Fay Wray... Ann Darrow
Robert Armstrong... Carl Denham
Bruce Cabot...Jack Driscoll
Frank Reicher...Captain Englehorn
Sam Hardy...Weston
Noble Johnson...Native Chief
Steve Clemente...Witch King
James Flavin...Briggs


Dowload

Esse filme é de domínio público. Já foi retirado várias vezes pelas PIPAS e SOPAS. Recoloquei on line novamente. Ajude a preservar a memória da arte e seu direito de assistir filmes de domínio público. Informe-se sobre o que está acontecendo.

Assistir King Kong - 1933 - online


King Kong - 1933 - versao colorizada legendada por Telecinebrasil  no Videolog.tv.




PIPA / SOPA - Leis anti-pirataria ou controle social?

Leia também: Youtube não respeita a lei brasileira

Hindenburg - 1937


O LZ 129 Hindenburg foi um dirigível construído pela Luftschiffbau-Zeppelin GmbH. Conhecido como Zeppelin (Daí o Led Zeppelin). Tinha 245 metros de comprimento e flutuava graças a 200.000 m³ de hidrogénio.
Chegou a cruzar o Oceano Atlântico com uma velocidade média de 110 km/h, mas em 06/05/1937, quando se preparava para aportar em Nova Jersey (EUA), o aparelho pegou fogo tendo a bordo 36 passageiros e 61 tripulantes.
O incêndio do Hindenburg encerrou a era dos dirigíveis.


Jeanne Darc ( Joana D'Arc / Jeanne d'Arc ) - Georges Méliès - 1899

 
Uma história clássica que narra passagens da vida e a morte de Joana D’Arc na fogueira da inquisição.

Filme ímpar com pouco mais de dez minutos de duração, o que não era comum no final do século XIX, os filmes eram muito menores naquela época.

Outra coisa interessante é que foi colorido à mão. Isso faz a verdadeira beleza do filme aparecer.

Ficha técnica


Direção: Georges Méliès
País / Ano: França / 1899
Duração: 10 min 21 seg
Elenco

Limite - Mário Peixoto - 1931



Único filme concluído do diretor brasileiro Mario Peixoto, que em 1931 tinha pouco mais de 20 anos. A obra permaneceu esquecida ao longo de quase meio século, até ser restaurada na década de oitenta.

Sinopse

Em um barco à deriva três pessoas, um homem e duas mulheres, apresentados como homem 1, mulher 1 e mulher 2. O filme narra as estórias dos personagens.

Homem 1 - casado que mantém caso extraconjugal com uma mulher também casada. Após a morte da amante fica sabendo através do marido traído que a mulher era leprosa.

Mulher 1 - após um rompimento amoroso ela viaja em um trem para outra cidade para trabalhar como costureira. A narrativa indica (em uma cena genial por um recorte de jornal) que a mulher fugiu da cadeia com a ajuda de um carcereiro.

Mulher 2 - chegando em casa encontra o marido que é pianista no cinema (filmes mudos eram comumente acompanhados por música em sua exibição) dormindo alcoolizado na escada. Ela vai para a rua onde encontra um homem e segue para a praia. Do alto de um rochedo lhe ocorrerá a idéia de suicidio.

O filme tem angulações não-convencionais, claramente experimentais e expressionistas. Pessoalmente, acho que o filme é uma metáfora sobre a vida. As pessoas naquele barco estão à deriva, como nós.

Deve-se lembrar que foi feito com as limitações técnicas de um filme realizado sem estrutura profissional e financiado pelo próprio Mário. Destaque para Edgar Brazil que através da criatividade desenvolveu inúmeros equipamentos possibilitando ao diretor realizar o que pretendia.

Ficha técnica

Direção, roteiro e montagem: Mario Peixoto
Fotografia: Edgar Brasil.
Música: Erik Satie, Claude Debussy, Alexander Borodin, Maurice Ravel, Igor Stravinsky, César Frank, Sergei Prokofiev
Elenco: Olga Breno, Taciana Rei, Raul Schnoor, D.G. Pedrera, Carmem Santos, Mário Peixoto, Iolanda Bernardes
Duração: 120 minutos

Download
IMDb

Encontrei limitações em contas que postaram limite on line conforme abaixo:

"Este vídeo não está mais disponível porque a conta do YouTube associada a ele foi encerrada devido a várias notificações de terceiros sobre violações de direitos autorais de requerentes que incluem:
  • Twentieth Century Fox Film Corporation
  • Twentieth Century Fox Film Corporation
  • Twentieth Century Fox Film Corporation"

Ocorre que a Lei Brasileira determina:

"Lei 9.610/1998 - Art. 44. O prazo de proteção aos direitos patrimoniais sobre obras audiovisuais e fotográficas será de setenta anos, a contar de 1° de janeiro do ano subseqüente ao de sua divulgação."

Isto posto, caso haja limitação em minha conta por suposto descumprimento das leis brasileiras, ao postar um filme brasileiro de domínio público, deverá ser por determinação judicial anterior, sob pena de incorrer aquele que limitou em flagrante descumprimento da lei além da censura a livre expressão. Espero contar com os que gostam de cinema para acabar com essa palhaçada de impedir que os brasileiros, que cumprem as leis de direitos autorais, assistam uma obra brasileira feita em 1931.
Para baixar

Parte 1: http://www.mixturevideo.com/download=RNqWio
Parte 2: http://www.mixturevideo.com/download=4xZpDN






Assistir Limite de Mário Peixoto completo em parte única



Não deixe de ler: Youtube não respeita a lei brasileira
PIPA / SOPA - Leis anti-pirataria ou controle social?

The Fireman (Carlitos Bombeiro) - Charles Chaplin - 1916



Essa é uma daquelas comédias boas de se ver. Dessa vez Charlie é um desastrado bombeiro que sempre faz tudo errado. Um homem incendeia sua casa para receber o dinheiro do seguro sem saber que sua filha, o amor do chefe dos bombeiros, está na casa. Mas dessa vez Charlie vai fazer a coisa certa. Diversão garantida.
 




Ficha técnica


Título original: The Fireman
Origem / Ano: EUA / 1916
Diretor:  Charles Chaplin
Duração:24 min 19 seg

Elenco


Charles Chaplin .... bombeiro
Edna Purviance .... garota
Lloyd Bacon .... pai da garota
Eric Campbell .... chefe dos bombeiros
Leo White .... dono da casa incendiada
Albert Austin .... bombeiro
John Rand .... bombeiro
James T. Kelley .... bombeiro
Frank J. Coleman .... bombeiro


Assistir The Fireman (Carlitos Bombeiro) online


The Fireman - Charles Chaplin - 1916 por Telecinebrasil  no Videolog.tv.




Safety Last (O Homem Mosca) - Harold Lloyd - 1923



A primeira metade do filme mostra o jovem (Harold) indo do interior para a cidade grande em busca de oportunidade e lá chegando arruma trabalho como balconista em uma loja de departamento. 

São muitas as piadas visuais, mas merece destaque a cena em que Harold se esconde em um casaco pendurado. É impagável.

Na segunda parte do filme o destaque é a escalada do edifício. Esta cena é uma das mais bacanas do cinema mudo e culmina na imagem atemporal que todo mundo já viu, de Harold pendurado no ponteiros do relógio no prédio (aí ao lado).



Eu recomendo este filme mesmo para quem não seja fã de filmes mudos.

Ficha técnica 
Título original: Safety Last
Origem / Ano: EUA / 1923
Roteiro: Sam TaylorHal Roach
Duração:73 min e 33 seg



Elenco
Harold Lloyd    ....   Jovem
Mildred Davis    ....    Garota
IMDb

Esse filme, mesmo sendo de domínio público, foi tirado da net. Mas finalmente consegui colocar on line de novo.


Assistir Safety Last - O Homem Mosca - on line



Nós, que temos blogs e somos, de certa forma, a alternativa de acesso a cultura gratuita e fora da grande mídia, temos que divulgar (cada vez mais) as ameaças à liberdade de expressão.

Leia. Pense. Divulgue. Participe.

The Navigator - Donald Crisp - Buster Keaton - 1924


Excelente comédia dirigida e estrelada por Buster Keaton, escrita por Clyde Bruckman e co-dirigida por Donald Crisp.

A obra mostra a história de Rollo (Buster Keaton) que é um jovem rico e apaixonado por Betsy (Kathryn McGuire), que é sua vizinha. Quando ele pede a mão da moça em casamento ela recusa e - depois de alguns desencontros - ambos acabam indo parar em um navio sem mais ninguém a bordo, o "The Navigator".

A embarcação utilizada nas filmagens foi o USAT Buford. Um navio de passageiros que também serviu durante a I Guerra Mundial para transportar tropas e ficou famoso em 1919 ao retirar da então recém fundada União Soviética 249 pessoas. No início de 1924 o barco foi fretado por três meses por Buster Keaton para e realização das filmagens.







O investimento valeu a pena, pois várias fontes afirmam ter sido esse o filme mais bem sucedido do comediante.

A sequência subaquática foi um pesadelo para ser feita e acabou tendo de ser filmada no fundo de um lago onde a água era clara, mas muito fria, o que obrigava aos envolvidos na filmagem a ficar embaixo da água por curtos períodos de tempo. Mas o resultado valeu muito.








Tem ainda uma sequência de invasão do barco por uma horda de canibais e Buster sendo perseguido  por um canhão de brinquedo pelo deck da embarcação.




Uma cena na qual o casal volta da ilha para o navio, lembrei muito do filme Sleeper (O Dorminhoco) de Woody Allen, quando ele escapa da polícia usando uma roupa inflável para flutuar sobre um lago.





Assistir The Navigator on line


The Cabinet of Dr. Caligari - Robert Wiene - Conrad Veidt - 1920


Das Cabinet des Dr. Caligari - titulo original -  apresenta ao espectador uma visão realmente assustadora do mundo através da ótica do expressionismo alemão no início do século XX.

O filme mostra um homem que conta uma história ocorrida com ele e seus amigos sobre o estranho Dr. Caligari e seu sonâmbulo que supostamente prevê o futuro. Segue uma série de assassinatos e uma loucura crescente, mantendo-se o suspense até o final.


 

Como é comum ao público atual, para bem assistir obras antigas faz-se necessário um período de adaptação, pois o ritmo é lento em comparação com o cinema do século XXI. As cenas são longas. A maquiagem dos atores é fantasmagórica. Mas em pouco tempo, o espectador "entra" no filme e a viagem começa.

A arquitetura - com edifícios, portas e janelas que parecem saídas de um quadro surreal - quando vista no filme transmite uma inquietação. A atmosfera é de um mundo estranho, como um sonho de Dalí. Nada é quadrado, nada é reto. Tudo é inclinado ou curvo com angulações não naturais.

A história tem reviravoltas que confundem e enganam desfazendo tudo o que você pensou que o filme era. Dr. Caligari empurra a platéia para fora do racional. É um terror intelectual em grande estilo.
 

A obra é considerada por muitos o primeiro filme de terror moderno, tendo influenciado fortemente várias produções posteriores, especialmente com referências estéticas.

Um verdadeiro clássico!



Elenco:

Conrad Veidt   ...   Cesare
Lil Dagover   ...   Jane Olsen
Rudolf Klein-Rogge   ...   Criminoso
Hans Lanser-Rudolf   ...   Homem velho
Henri Peters-Arnolds   ...   Médico jovem




Título original: Das Cabinet des Dr. Caligari
Origem / Ano: Alemanha / 1920
Diretor: Robert Wiene
Preto e branco
Sem som
Duração: de 51 até 71 minutos dependendo da versão






Assistir The Cabinet of Dr. Caligari on line

- Versão original -


Das Cabinet des Dr. Caligari - The Cabinet of Dr. Caligari - Robert Wiene - Conrad Veidt - 1920 por Telecinebrasil  no Videolog.tv.

- Versão com legendas em espanhol -


O Gabinete do Doutor Caligari - Robert Wiene - Conrad Veidt - 1920 (legenda espanhol) por Telecinebrasil  no Videolog.tv.





- Versão comercial (menor tempo) -

Um comentário adicional. Hans Walter Konrad Veidt conhecido como Conrad Veidt, foi um ator nascido na Alemanha e naturalizado britânico que se imortalizou por seus papéis em clássicos como O Gabinete do Dr. Caligari (1920), O Ladrão de Bagdá (1940) e Casablanca (1942). Sua caracterização no filme O Homem que Ri (1928) serviu de inspiração para a criação do personagem Coringa, grande inimigo do Batman.

Nós, que temos blogs e somos, de certa forma, a alternativa de acesso a cultura gratuita, de qualidade e sem os filtros da grande mídia, temos que divulgar (cada vez mais) as ameaças à liberdade de expressão.

Leia. Pense. Divulgue. Participe.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...