Dziga Vertov


Mandacaru Time Lapse - Marcius Clapp - 2014




















São cinco minutos de poesia em imagens. Palavras são dispensáveis e insuficientes.

NÃO DEIXE DE ASSISTIR.
É FANTÁSTICO.


O texto abaixo foi retirado do site dos responsáveis pelo vídeo e recomendo (muito) que passeie por lá. No final coloquei vários links.

"O projeto brasileiro com qualidade inédita “Mandacaru” relatou as circunstâncias para registrar o vídeo: “Saímos do Rio de Janeiro, bairro de Copacabana, em um fusca de ano 1994, com destino o sertão do Ceará. Foram mais de 2.700 km de ida, viajamos durante três dias, 900 km por dia, em média, 14 horas por dia de direção.

O Mandacaru também relata os problemas que tiveram durante sua viagem: O primeiro problema ocorreu na Serra de Petrópolis, o motor do fusca parou. Não podíamos abortar nossa viagem! Através de uma ligação e com todo o empenho e esforço possível, o motor voltou a funcionar e eles puderam continuar com sua missão. Chegando perto do destino eles dormiram em hotéis de beira de estrada durante a noite. Faltando 300 km para chegarem a Parambu, Ceará, eles perceberam que o motor do carro começou a trabalhar com apenas dois cilindros. Foram os 300 km mais longos, demorados e sofridos de nossas vidas. 

Percorremos de fusca aproximadamente 2363.12 km para chegarmos em uma cidade, onde existem cinco moradores, ficamos no local mais de duas semanas, registrando imagens raras. Chegando ao Sertão dos Inhamuns, onde a umidade do ar fica entre 33% e 45%, assim deixando a atmosfera com pouca umidade e a poluição do ar e a poluição luminosa no local é praticamente 0% ao redor de seus 63 km quadrados, assim eles acreditam que lá exista um dos melhores pontos de observação do Brasil. Caso queiram saber toda essa história entre no FACEBOOK."

CineArteUm - A evolução do cinema




TeleCineBrasil e CineArteUm
Distribuindo cinema por aí :-)

Viver! - Nadia Bambirra - 2010

Gracindo Jr e Eriberto Leão

Adaptado para o cinema do conto homônimo de Machado de Assis “Viver!” se desenrola a partir do encontro entre duas lendas.

Prometeu, o titã imortal, responsável pela existência da vida humana que ao roubar uma fagulha do fogo divino para os homens é castigado por Zeus e acorrentado em um rochedo onde uma águia come seu fígado diariamente e Ahasverus, o judeu errante, que fora condenado por Deus à peregrinar até o fim da humanidade por negar ajuda a Jesus enquanto este carregava a cruz a caminho do calvário.



Lendas surgidas em períodos históricos diferentes, os mitos travam um diálogo que leva o espectador a refletir sobre o espaço limiar que alude ao surgimento de uma nova era. Baseado nesses diálogos, o curta se desenrola em um magnífico cenário, em meio a Mata Atlântica, no Município de Cachoeiras de Macacu.

No elenco Gracindo Jr. como Ahasverus e Eriberto Leão como Prometeu. A narração de abertura é feita por Rodrigo Santoro com o poema "Ahasverus e o Gênio" de Castro Alves.

Assistir Viver!



SINOPSE

"Ahasverus: "o judeu errante", contemporâneo de Jesus que, ao lhe negar ajuda no momento em ele que carregava a cruz, foi condenado a viver e a andar até que a Humanidade acabasse. Prometeu: figura mitológica que criou o primeiro homem usando barro e, depois, roubou o fogo dos céus para a Humanidade que criara. A Humanidade chega ao fim. Não há mais homens sobre a terra. Ahasverus pode, enfim, morrer. É quando Prometeu aparece e tenta demovê-lo dessa idéia. Afinal, ele não quer que sua própria criação -- a Humanidade -- deixe de existir."

SINOPSIS

Ahasverus: wandering Jew that, upon denying shelter to Jesus, in the moment that he carried the cross, was condemned to wander on earth until the humanity finished. Pometeus: myhtological figure that created the first man, using clay, and that afterwards stole the fire of the heavens for men. The humanity arrives to an end. There is no more men on earth. Ahasverus, finally, can die. But Prometeus appears, trying dissuade him of this plan, after all, he does not want that his own creation -- the humanity -- arrives to an end. -- the humanity -- arrives to an end.

CRÉDITOS

Nadia Bambirra
Baseado no conto homônimo de MACHADO DE ASSIS
Elenco GRACINDO JR. e ERIBERTO LEÃO
Direção NADIA BAMBIRRA
"AHASVERUS E O GENIO" DE CASTRO ALVES narração RODRIGO SANTORO
Roteiro adaptado LAURA MALIN
Direção de fotografia RODRIGO ALAYETE
Montagem PEDRO GRACINDO
Direção de Arte e preparação de elenco LU GRIMALDI
Figurino VANESSA CLARK
Visagismo VAVÁ TORRES
Still GILVAN GUIMARÃES
Trilha composta IGNÁCIO COQUEIRO
Direção Musical LEANDRO BARROS
Desenho de Som SERGIO NOGUEIRA
Som direto JOAREZ DAGOBERTO
Efeitos sonoros CAIO ALBUQUERQUE
Mixagem EVERSON DIAS
Primeiro assitente de fotgrafia PEDRO FANÇA
Segundo assistente de fotografia RUDÁ CAPRILES
Eletricista BAIANO
Assistente de Direção e continuidade CLAUDIA ALVES
Assistente de visagismo e maquiagem VERONICA VIDAL
Assitente de Figurino EDILSON DOS SANTOS
Créditos e legendas RODOLFO ASSIS
Direção de Produção ANGELA MATTOS
Produção Executiva NADIA BAMBIRRA e LAURA MALIN

Links
Blog Viver!

Canal Youtube da Nadia Bambirra
Twitter

Cinema é cultura :-)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...